QUEM SOMOS

A REBRAPAZ é uma iniciativa sem precedentes no Brasil, ao integrar instituições públicas e privadas, civis e militares que trabalham com pesquisa e ensino sobre operações de paz. E, em cerca de cinco anos, é significativo o sucesso deste grande esforço coletivo. Entre março de 2016 e outubro de 2022, o número de instituições formalmente envolvidas cresceu de 6 para 15. No mesmo período, os parceiros da REBRAPAZ coorganizaram cerca de 20 seminários, lançaram em co-autoria mais de 50 publicações e fizeram palestras em vários workshops. São produtos que não existiram sem a REBRAPAZ. Além das instituições, contamos com o apoio de vários especialistas associados, profissionais da mais alta estirpe que agregam valor e peso reputacional à nossa Rede. Este resultado expressivo, alcançado em tão pouco tempo, reforça a capacidade da REBRAPAZ de contribuir, efetivamente, para a geração de conhecimento de qualidade sobre operações de paz no Brasil e, assim, cumprir a sua missão.

Em novembro de 2022, a REBRAPAZ conta com 32 parceiros, sendo 15 instituições e 17 especialistas associados, além de dezenas de colaboradores vinculados às instituições parceiras:

MEMBROS PLENOS:

OBSERVADORES:

ESPECIALISTAS ASSOCIADOS:

  • Eduarda Hamann (FEV2020)
  • Áureo Toledo (FEV2020)
  • José Ricardo Vendramin Nunes (MAR2020)
  • Bia Albernaz (SET2020)
  • Vinícius Mariano de Carvalho (OUT2020)
  • Luiz Fabiano Mafra Negreiros (OUT2020)
  • Gustavo de Carvalho (FEV2021)
  • Henrique Garbino (ABR2021)
  • Rafael Sayão (SET2021)
  • Fernanda Santos Pereira da Silva (OUT2021)
  • Margarete Sobral (NOV2021)
  • Fábio Domingues (JAN 2022)
  • Marcio C Barbosa (FEV 2022)
  • Bruno Cerqueira (MAR 2022)
  • Carlos Eduardo Gonçalves da Silva Maia (MAR 2022)
  • João Maurício Valdetaro (JUL 2022)
  • Daniel Rio Tinto (NOV 2022)

COORDENAÇÃO GERAL DA REBRAPAZ:

Desde 2016, a Coordenação Geral tem sido liderada pela Dra Eduarda Hamann, auto-financiada, que, há mais de 20 anos, trabalha com pesquisa e ensino sobre operações de paz. Em 2022, três pesquisadoras, também auto-financiadas, apoiam as atividades da Coordenação Geral, na condição de assistentes: Fernanda Righetto, Laryssa Lopes e Luiza Storino.


Definições, segundo o Estatuto:

MEMBRO PLENO – instituição que contribui de maneira inequívoca aos objetivos principais da Rede, ou seja, com a efetiva participação em atividades de pesquisa e/ou de ensino capazes de produzir capacidades e conhecimentos relevantes e de qualidade sobre operações de paz, junto com a divulgação dos resultados (por meio da elaboração de textos acadêmicos ou de policy, da realização de cursos e/ou da organização de eventos que visam a divulgar os resultados alcançados);

OBSERVADOR – instituição que acompanha as atividades dos grupos de trabalho de sua escolha, mas não precisa participar ativamente das pesquisas nem da elaboração de textos ou coordenação de eventos para divulgar os resultados;

APOIADOR – instituição que cede suas instalações, sem contrapartida, para realização de eventos da Rede; oferece mailing list para divulgação dos resultados da pesquisa da Rede; faz articulação para promover as atividades da Rede; financia produtos (no todo ou em parte) da Rede, entre outras modalidades de apoio.


WHO WE ARE

REBRAPAZ is an unexpected initiative in Brazil, integrating institutions, both public and private as well as civil and military, that work with research and teaching about peace operations. In roughly five years, these collective efforts have had significant success. 

Between March of 2016 and October of 2022, the number of formally involved institutions grew from six to fifteen. In this same period, REBRAPAZ’s partners co-organized approximately twenty seminars, co-authored over fifty publications, and lectured at various workshops, all of which would not have been possible without REBRAPAZ. We also have the additional support of several associated specialists and high-ranking professionals who added value and reputational weight to the network. This reinforces REBRAPAZ’s ability to effectively contribute to the production of quality knowledge about peace operations in Brazil and thus, fulfill its mission.

As of November 2022, REBRAPAZ has 32 partners (15 institutions and 17 associate experts):

FULL MEMBERS:

OBSERVERS:

ASSOCIATE EXPERTS:

  • Eduarda Hamann (FEB2020)
  • Áureo Toledo (FEB2020)
  • José Ricardo Vendramin Nunes (MAR2020)
  • Bia Albernaz (SEP2020)
  • Vinícius Mariano de Carvalho (OCT2020)
  • Luiz Fabiano Mafra Negreiros (OCT2020)
  • Gustavo de Carvalho (FEB2021)
  • Henrique Garbino (APR2021)
  • Rafael Sayão (SEP2021)
  • Fernanda Santos Pereira da Silva (OCT2021)
  • Margarete Sobral (2021)
  • Fábio Domingues (JAN 2022)
  • Marcio C Barbosa (FEB 2022)
  • Bruno Cerqueira (MAR 2022)
  • Carlos Eduardo Gonçalves da Silva Maia (MAR 2022)
  • João Maurício Valdetaro (JUL 2022)
  • Daniel Rio Tinto (NOV 2022)

GENERAL COORDINATION OF REBRAPAZ:

Since 2016, the general coordination has been led by Dr Eduarda Hamann, self-funded, who has been working with research and teaching on peace operations for over twenty years. In 2022, three researchers, also self-funded, support the activities of the Coordination, as assistants: Fernanda Righetto, Laryssa Lopes and Luiza Storino. 


Definitions, according to the Statute:

FULL MEMBER – institution which contributes to the main objectives of the Network with the effective participation in research and/or teaching activities capable of producing relevant and quality information about peace operations, together with dissemination of the results (through the elaboration of academic or policy texts, the holding of courses and/or the organization of events aimed at disseminating the results achieved);

OBSERVER – an institution that monitors the activities of the working groups of its choice, but does not need to actively participate in research, drafting texts or coordinating events to disseminate the results;

SUPPORTER – institution that cedes its facilities for the realization of events of the Network; offers a mailing list for the dissemination of the Network’s research results; liaises to promote the Network’s activities; it finances products (in whole or in part) of the Network, among other means of support.